5 dicas de higienização para se prevenir do coronavírus

Tempo de leitura: 4 minutos

A epidemia do coronavírus, denominado COVID-19, é notícia no mundo inteiro e provoca preocupação nas autoridades de saúde devido ao seu grande potencial de contaminação. Mas afinal, de que forma podemos nos prevenir do coronavírus e evitar que ele se espalhe?

O vírus vem sendo estudado pelos maiores centros de pesquisa do mundo, mas ainda não foi desenvolvida nenhuma vacina ou tratamento específico. Por essa razão, manter uma boa higiene é a melhor forma de prevenção.

Em alguns locais ficamos ainda mais expostos a contaminações, especialmente quando há uma grande circulação de pessoas como no transporte público, ou pouca troca de ar, como dentro do carro.

Maçanetas, bancos, portas, janelas e barras de apoio são algumas das superfícies que ficam carregadas de germes. Ao tocar nestes locais, ajudamos a propagar os contaminantes, fazendo-os ir cada vez mais longe.

O programa Auto Esporte, da rede Globo, apresentou uma matéria com uma série de dicas de higienização para se prevenir do coronavírus, destinadas especialmente a veículos, apontando o ozônio como uma das alternativas mais eficientes no combate aos vírus, bactérias e fungos. Nós reunimos essa e outras dicas para que você possa focar na prevenção:

1. O poder do álcool gel

Segundo o Conselho Federal de Química, o uso do álcool gel é altamente eficiente na desinfecção de superfícies e objetos, além de agir como antisséptico de pele. É recomendado o grau alcoólico de 70% v/v, que é facilmente encontrado em farmácias e supermercados. Além de aplicá-lo nas mãos, é importante higienizar bancos, travas, portas e outros objetos com o auxílio de um pano limpo.

uso do álcool gel para se prevenir o coronavírus

2. Lavar as mãos é essencial

Lavar as mãos é um hábito de higiene básico que faz toda a diferença e que nunca deve ser negligenciado. Higienize as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, esfregando mãos, dedos e punhos, especialmente após entrar em contato com superfícies que tem potencial de contaminação como maçanetas e corrimãos.

Se você não estiver com as mãos limpas, evite ao máximo tocar os olhos, o nariz e a boca.

3. Higienização avançada com ozônio

A higienização com ozônio, também chamada de oxi-sanitização, é uma alternativa altamente eficiente no combate a vírus, bactérias e fungos. Trata-se de uma higienização avançada, ainda mais efetiva do que a convencional, que é realizada apenas com produtos químicos.

Por ser um gás altamente oxidante, o ozônio é capaz de combater vírus, bactérias e fungos em aplicações de alguns minutos. A limpeza é realizada com um equipamento chamado gerador de ozônio.

O gerador pode ser adquirido para uso próprio, com possibilidade de aplicação em veículos e ambientes. Você também pode procurar pelo serviço de oxi-sanitização em centros de estética automotiva ou limpeza de residências. Para saber mais sobre o uso do ozônio na higienização, clique aqui

Leia também: O que é um gerador de ozônio?

4. Ambientes ventilados

Manter os ambientes ventilados é fundamental para se prevenir do coronavírus. Deixe as janelas ou portas abertas sempre que for possível, especialmente quando há aglomeração de pessoas, como dentro do ônibus.

No carro, procure andar com as janelas abertas para que o ar interno circule, especialmente se você está em um táxi ou veículo de transporte por aplicativo, que recebem muitos passageiros ao decorrer do dia.

O ideal é que a função de circulação interna do ar condicionado esteja desativada. As janelas abertas permitem que o ar renovado entre, diminuindo as chances de manter o interior do veículo contaminado.

ambientes ventilados para se prevenir do coronavírus

5. Beba muita água

Uma importante recomendação dos infectologistas para se prevenir do coronavírus é manter-se hidratado. Beber água ajuda a preservar o corpo de infecções respiratórias.

Isto ocorre porque o nariz produz um muco natural que nos protege de vírus e bactérias. Quando o tempo está seco ou ficamos desidratados, a quantidade de muco diminui, facilitando a entrada de micro-organismos.

E aí, pronto para seguir todas as dicas e se prevenir do coronavírus? Certifique-se de incluir estes hábitos na sua rotina, independente da presença ou não da epidemia.

Caso você esteja doente, procure cobrir o nariz e a boca com um lenço descartável ou com o antebraço ao espirrar e tossir. Alimentar-se de forma saudável também é muito importante para preservar a saúde e a fortalecer a sua imunidade.

Desde o início da epidemia de Coronavírus pelo mundo, circulam muitos boatos pela internet que acabam espalhando mitos e inverdades entre a população. Para manter-se informado, procure consultar fontes confiáveis como o site do Ministério da Saúde. Por lá é possível encontrar todas as informações sobre os vírus, como sintomas, tratamento, prevenção e novos casos registrados no Brasil.

 

*Todas as informações deste artigo foram retiradas de fontes oficiais como o Ministério da Saúde e o Conselho Federal de Química.

4 Comentários


  1. Parabens pelo artigo, que é bem esclarecedor sobre os cuidados para evitar o coronavírus.

    Responder

    1. Olá Rodolpho, agradecemos seu feedback! Fique ligado, já estamos com novos conteúdos sobre coronavírus em nosso blog.

      Responder

  2. Parabéns pelo trabalho, muito esclarecedor e importante. Sou cliente da Wier, trabalho com higienizações e estava esperando por uma oportunidade de sanar duvidas e esclarecer aos que necessitam de informação e aos meus clientes, sobre todo procedimento de precaução e combate ao “coronavirus”. Sob dias de tanta preocupação devido a essa pandemia, pessoas procuram por alternativas que lhes assegurem contra a contaminação e/ou lhes possam oferecer combate ao mesmo. Um dos exemplos que fora citado, vem sendo abordado a todo momento em toda mídia, que é a higiene pessoal e o isolamento social. Porém a utilização do ozônio para fins de esterilização do vírus já foi alvo descarte pois não era tão eficaz, segundo informações do site: “https://www.metropoles.com/brasil/perigo-curandeiros-vendem-ate-ozonio-na-web-contra-coronavirus”. Afim de me manter informado, e prestar um papel social à minha cidade no intuito de minimizar o problema, peço-lhes maiores informações para que juntos podemos COMBATER essa “crise”. Espero ser correspondido. Atenciosamente.

    Responder

    1. Olá Ferraz, tudo bem? Primeiramente agradecemos muito pelo seu comentário! Esclarecemos que, neste momento, ainda não existem comprovações científicas que atestam o poder do ozônio contra o novo coronavírus. No entanto, baseado em sua ação em outros vírus de sua “família”, podemos afirmar que é possível e provável que este também seja combatido pelo ozônio. É importante focar que esta ação se dá em ambientes, não em pessoas. O nosso CEO e especialista em ozônio Dr. Bruno Mena Cadorin preparou um artigo esclarecedor a esse respeito. Convidamos você para ler: http://wier.com.br/como-o-ozonio-evita-proliferacao-do-coronavirus/
      Um abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *