A sanitização WIER na produção de cerveja

Tempo de leitura: 2 minutos

Como o sistema WIER de plasma frio e ozônio é aplicado no processo de sanitização de produção de cerveja.

Em um mundo onde a sustentabilidade, a qualidade dos produtos e a redução de custos na produção de cerveja estão cada vez mais evidentes, a utilização de gás ozônio se mostra como uma tecnologia promissora para a solução destes desafios. Os Sistemas de Plasma Frio e Ozônio da WIER realizam um processo de sanitização eficiente dos diversos envases de uma cervejaria, tais como tanques de fermentação, garrafas e barris, utilizando apenas ar e energia elétrica, sem gerar resíduos no meio ambiente!

Seu funcionamento é extremamente simples: quando o ar do ambiente entra no equipamento, a tecnologia de Plasma Frio transforma o oxigênio que respiramos no gás ozônio, de fórmula O3. Este gás formado é extremamente oxidante, ou seja, ele tem a propriedade de eliminar micro-organismos como bactérias, fungos e vírus, os principais vilões das cervejarias: contaminações de micro-organismos indesejados prejudicam totalmente a qualidade da cerveja!

Quando a água passa pelo Sistema WIER, o ozônio é injetado automaticamente, formando a chamada água ozonizada. Esta água segue para o Rinser, local onde as garrafas são posicionadas de cabeça para baixo e recebem um jato desta água ozonizada no fundo e escorrem pelas paredes da garrafa. Este processo dura poucos segundos, que é o tempo suficiente para que o ozônio elimine qualquer micro-organismo que ainda estiver presente na garrafa. Após esta rinsagem, as garrafas são deixadas para escorrer o líquido residual e levadas à envasadora, local onde ocorrerá o enchimento da cerveja pronta e, depois, finalmente tampada e enviada para expedição.

E o resultado deste processo rápido e simples? Fim do problema de contaminação e apenas oxigênio como resíduo! Ou seja, além de ser uma tecnologia limpa, o ozônio é sustentável, pois não utiliza produtos químicos e necessita apenas de energia elétrica para a geração!

O mesmo processo pode ser reproduzido para os tanques de fermentação, bastando deixar a água recircular em seu interior para promover a sanitização entre uma produção e outra, também chamada de Cleaning-in-Place (CIP).

A água ozonizada é uma ferramenta poderosa caso o cervejeiro deseje atender as normas rigorosas de higiene dos órgãos competentes e buscar aumentar cada vez mais a qualidade do seu produto, atendendo aos paladares mais exigentes.

CONHEÇA OS NOSSOS GERADORES DE OZÔNIO – LINHA INDUSTRIAL

Quer saber mais? Preencha o formulário e envie suas dúvidas. Nossa equipe entrará em contato.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *