5 dicas para aliviar os sintomas da rinite alérgica

Tempo de leitura: 5 minutos

Espirros, coceira e irritação nos olhos e nariz, obstrução nasal, são os principais sintomas bem conhecidos para quem sofre de rinite alérgica.

Quando nosso corpo reage de maneira exagerada para eliminar essas substâncias, pode trazer sintomas indesejados, que prejudicam nossa rotina, como uma noite de sono, e até a produtividade e disposição no trabalho.

Mas, afinal, o que é a rinite?

A rinite é uma inflamação das mucosas nasais que ocorre após uma resposta imunológica exagerada ao inalarmos alguma partícula, como poeira, impurezas e ácaros, os chamados alérgenos, no caso da rinite alérgica.

Pode ser também denominada rinite crônica quando essa inflamação também dilata os vasos sanguíneos.É causada em decorrência de variações bruscas de temperatura, fumaça, perfume em excesso, entre outros desencadedores, até mesmo hormonais

Os principais sintomas da rinite alérgica

Outros sintomas clínicos surgem de acordo com o paciente, variam entre dor de cabeça, halitose, redução no olfato,

O tempo de reação pode variar de paciente para paciente. Porém, como provenção as recomendações são as mesmas para qualquer organismo: o ideal é sempre evitar a exposição a esses alérgenos.

Como aliviar os sintomas da rinite alérgica

O uso de descongestionantes e antialérgicos devem ser usados com cautela, e não como rotina. Afinal, nosso organismo cria uma resistência a essas substâncias, e caso não seja tratado adequadamente a rinite pode evoluir para uma sinusite. Ou seja, é mais seguro e eficaz prevenir esse mal do que lidar com as reações por meio de medicamentos.

mulher-incomodada-com-rinite
Atualmente, um quarto das crianças no Brasil, cerca de 25% sofrem de rinite (Asbai). Em contraponto são gastos US$20 bilhões no mundo com tratamentos para a rinite, segundo levantamento da Wao.

Algumas recomendações para prevenir a rinite já são bastante conhecidas. Evitar acumular objetos com poeira, espanador de pó, cobertores de lã, evitar o ar-condicionado em excesso, manter a distância da fumaça de cigarro, são alguns exemplos.

Mas há diversas formas de prevenir os sintomas das crises alérgicas. Confira nossas 5 dicas para  aliviar os sintomas da rinite a seguir:

1º Higienizar corretamente o ambiente

Nada de exagerar em produtos químicos, eles podem provocar ainda mais irritação caso possuam em sua fórmula perfumes fortes.

aspirador-de-po-sendo-aplicado-em-piso-de-madeira.jpg
O ideal é aspirar o ambiente, incluindo superfíces revestidas por tecidos ou estofadas, como colchões e sofás.

Após essa limpeza a seco, é o momento de usar um pano úmido com sanitizantes químicos suaves. Lembre-se de garantir que os cantos de díficil acesso estão devidamente desempoeirados.

2º Elimine carpetes, bichos de pelúcia, cortinas

Tente substituir as capas dos travesseiros por capas antialérgicas.  Colchões, travesseiros e almofadas também podem ser um ambiente acumulador da poeira doméstica.

·         Poeira doméstica

mão-empoeirada-na-mesa
A poeira doméstica merece atenção especial, já que pode ser a causa das reações alérgicas.

É composta principalmente de impurezas, como a descamação natural da pele humana, que é o principal alimento para os ácaros, suas fezes excretadas permanence nos tecidos e fibras de travesseiros e colchões, e é justamente esse resíduo que nos causa reações alérgicas.

Ou seja, essa poeira pode conter inúmeros microorganismos patogênicos, além dos resíduos orgânicos de insetos, bactérias e pêlos de animais.

3º Higiene nasal: o mais eficaz tratamento para rinite alérgica

Use água salina, junto ao bicarbonato, aplique nas narinas por seringa, ou inale na palma da mão,

Com o tempo seco a mucosa do nariz também resseca e perde a proteção natural. Assim, cada vez que a cavidade nasal é lavada com soro, essas impurezas que poderiam ficar impregnadas são eliminadas e evitam a reação alérgica.

4º Evite os umidificadores de ar

Você se lembra de que os ácaros precisam de um ambiente úmido e quente para se reproduzirem?

Então saiba que os umidificadores na verdade oferecem essa condição essencial para a sua reprodução: um ar mais úmido e mais propenso a formação de colônias como mofo e bolor.

homem-encara-parede-mofada
Umidificadores de ambiente podem intensificar a umidade do local e proliferarem fungos e microorganismos causadores de doenças.

Por isso, evite umidificadores e procure outras alternativas para purificar o ar, que pode ser complementada com plantas, ou a própria ventilação natural. Evite ventiladores pois são difíceis de limpar e podem armazenar poeira em suas ventas.

Leia também: Purificador de ar ou umidificador: qual o mais eficiente para melhorar a qualidade do ar?

5º Vacina

É mais eficaz que os tratamentos pois busca prevenir a reação antes que ela apareça. É chamada de imunoterapia com alérgenos, já que é realizada com manipulação inativa de alérgenos que causam as reações.

doutor-aplica-seringa-no-braco-de-paciente.jpg
A imunoterapia é uma forma de amenizar os sintomas, o ideal é prevenir-se da exposição aos alérgenos. Deve ser indicada e aplicada por um profissional habilitado.

O tratamento imunoterápico pode ser aplicado via oral com conta-gotas ou em injeções. Consulte seu medico para checar a possibilidade de utilizar esse tratamento para rinite.

Lembre-se também que a automedicação sempre traz riscos à saúde, por isso, consulte sempre o seu médico. Qual a sua rotina de prevenção à rinite? Compartilhe esse conteúdo e deixe que outras pessoas também se protejam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *